segunda-feira, 26 de junho de 2017

10 princípios bíblicos para honrarmos a Deus nas finanças

25.06.2017
Do blog VOLTEMOS AO EVANGELHO, 10.04.17
Por Solano Portela

Resultado de imagem para 10 princípios bíblicos para honrarmos a Deus nas finanças

Dinheiro é um tópico normalmente controverso no meio cristão. De uma lado temos falsos mestres que são caracterizados nas Escrituras pela avareza (2Pe 2; 1Ts 2.5; etc.). Suas mensagens são centradas no dinheiro e em prosperidade material e seu alvo é amontoar tesouros neste mundo. Por outro, muitos rejeitando tais ensinos, acabam separando as finanças da espiritualidade, como se Deus não fosse soberano também sobre nossas carteiras.

O cristão é chamado para trabalhar para ter com o que (1) prover para si mesmo e sua família (1Ts 4.11-12; 2Ts 3.10-12; 1Tm 5.8), (2) auxiliar no sustento de verdadeiros ministros da Palavra e na propagação do Evangelho (1Co 9; Gl 6; Fp 4.18) e (3) servir ao próximo e ajudar o necessitado, especialmente os da família da fé (Gl 6.10; Ef 4.28; 1Tm 6.17-18; Tiago 1.27).

Sendo assim, precisamos ser bons mordomos dos recursos que Deus colocou em nossas mãos. No vídeo abaixo, o presbítero Solano Portela ensina 10 princípios bíblicos para honrarmos a Deus com nossas finanças.

Quero dar 10 diretrizes para vivermos de modo digno em nossas finanças:

1. Deus é a Fonte

Precisamos entender que Deus é a fonte. É de Deus que vem todas as coisas que necessitamos, inclusive as materiais.

Filipenses 4:19 – O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus

• Provérbios 8:20-21 – Faço andar pelo caminho da justiça, no meio das veredas do juízo. Para que faça herdar bens permanentes aos que me amam, e eu encha os seus tesouros

2 Coríntios 9:8 – E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra [incluindo generosidade material]

Isso não é Teologia da Prosperidade. A Teologia da Prosperidade distorce a verdade bíblica de que Deus é dono do ouro e da prata buscando sujeitar o Senhor do Universo a um servo de nossos caprichos.

2. Contribuição é Essencial

Deus nos chama sermos generosos confiando que ele nos sustentará. Quando contribuímos generosamente à causa do Reino e do necessitado, horamos ao Senhor.

Lucas 6:38 – Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.

Deuteronômio 14:23 – E, perante o Senhor teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao Senhor teu Deus todos os dias.

Provérbios 3:9 – Honra ao Senhor com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos.

3. Viva com Margem

Qual a margem de segurança que você planeja para sua vida? Aprenda a viver e trabalhar com margem física, margem espiritual, margem de tempo e margem financeira. Margem é “o espaço entre o nosso fardo e nossos limites” (Richard Swenson). O artigo Três Perigos a Evitar Quando Você Está Super Ocupado, de Kevin De Young, será de grande valia para entender isso.

• “E haverá estabilidade nos teus tempos, abundância de salvação, sabedoria e conhecimento; e o temor do Senhor será o seu tesouro”. – Isaías 33:6

• “eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.” – João 10:10

4. Economize

A Bíblia nos ensina a economizas, pois há tempo de colher e tempo em que a colheita diminua. A ideia “comamos e bebamos porque amanhã morreremos” é uma ideia do mundo.

Provérbios 13:11 – A riqueza de procedência vã diminuirá, mas quem a ajunta com o próprio trabalho a aumentará.

Provérbios 6:6-8 – Vai ter com a formiga, ó preguiçoso; olha para os seus caminhos, e sê sábio. Pois ela, não tendo chefe, nem guarda, nem dominador, prepara no verão o seu pão; na sega ajunta o seu mantimento.

Provérbios 21:20 – Tesouro desejável e azeite há na casa do sábio, mas o homem insensato os esgota.

5. Não deva

A Bíblia coloca a dívida como escravidão. Então, evite endividar-se.

Provérbios 22:7 – O rico domina sobre os pobres e o que toma emprestado é servo do que empresta.

Deuteronômio 15:6 – Porque o Senhor teu Deus te abençoará, como te tem falado; assim, emprestarás a muitas nações, mas não tomarás empréstimos; e dominarás sobre muitas nações, mas elas não dominarão sobre ti.

6. Esteja satisfeito com o que tem

Paulo fala que ele aprendeu o contentamento. Em nossa carne, estamos sempre financeiramente insatisfeitos, mas podemos aprender.

• Hebreus 13:5 – Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei.

• 2 Coríntios 6:10 – Como contristados, mas sempre alegres; como pobres, mas enriquecendo a muitos; como nada tendo, e possuindo tudo.

• Lucas 3:14 – E uns soldados o interrogaram também, dizendo: E nós que faremos? E ele lhes disse: A ninguém trateis mal nem defraudeis, e contentai-vos com o vosso soldo.

• Filipenses 4:11 – Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.

7. Registre e planeje (orce)

Se você não sabe onde quer chegar, nunca chegará lá. Então, registre seus gastos e planeje seu orçamento.

Provérbios 24:3, 4 – Com a sabedoria se edifica a casa, e com o entendimento ela se estabelece; E pelo conhecimento se encherão as câmaras com todos os bens preciosos e agradáveis.

• Lucas 14:28 – Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar?

8. Não avalize

Provérbios alerta diversas vezes contra ser fiador.

Provérbios 11:15 – Decerto sofrerá severamente aquele que fica por fiador do estranho, mas o que evita a fiança estará seguro.

Provérbios 22:26 – Não estejas entre os que se comprometem, e entre os que ficam por fiadores de dívidas.

Provérbios 27:13 – Quando alguém fica por fiador do estranho, toma-lhe até a sua roupa, e por penhor àquele que se obriga pela mulher estranha.

9. Trabalhe com afinco

O Senhor nos ordena que trabalhemos com afinco, sem nos entregarmos a ociosidade.

Provérbios 14:23 – Em todo trabalho há proveito, mas ficar só em palavras leva à pobreza.

Provérbios 28:19 – O que lavrar a sua terra virá a fartar-se de pão, mas o que segue a ociosos se fartará de pobreza.

• Deuteronômio 5:13 – Seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho.

10. Busque bons conselhos

Cuidado com o conselho dos seus amigos do mundo (ímpios), mas sempre busque a opinião de irmãos sábios e experientes.

• Salmo 1:1 – Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios.

• Provérbios 15:22 – Quando não há conselhos os planos se dispersam, mas havendo muitos conselheiros eles se firmam.

• Provérbios 19:20 – Ouve o conselho, e recebe a correção, para que no fim sejas sábio.
****
Fonte:http://voltemosaoevangelho.com/blog/2017/04/10-principios-biblicos-para-honrarmos-deus-nas-financas/

Nenhum comentário:

Postar um comentário